top of page
  • Foto do escritorElaine Colombo

Nove ambientes abordam o novo morar no Janelas CASACOR /SC


Até 08 de dezembro, os espaços/vitrines poderão ser conhecidos nos shoppings da Almeida Junior e por meio do Tour Digital no site oficial do projeto Janelas CASACOR


O Janelas CASACOR / Santa Catarina apresenta a produção de arquitetos e designers de interiores convidados que refletem - a partir dos seus ambientes - sobre os momentos incertos do agora, as mudanças de comportamento e rotina que impactam na espacialidade e na relação dos moradores com seus lares. As prioridades eleitas entre quatro paredes, na convivência com a família e na reorganização do que é íntimo e coletivo. 


O projeto estreia em Santa Catarina como um importante documento deste tempo vivido e em resposta à pandemia, escrito pelo elenco que aceitou o desafio de criar um canal de diálogo acerca do “viver”, do “morar”. Pela primeira vez, a exposição física dos espaços/vitrines acontece em quatro cidades catarinenses por meio de uma parceria com os shoppings da Almeida Junior em Balneário Camboriú, Blumenau, Criciúma e Grande Florianópolis. Outra novidade desta edição é a jornada virtual, que permite aos visitantes acesso aos ambientes e todo o conteúdo produzido, inclusive o Guia Digital, no site oficial www.janelascasacor.com em cartaz até 08 de dezembro. 


“Seguindo todas as medidas sanitárias, o Janelas CASACOR inaugura um novo formato no meio físico com a exposição dos espaços/vitrines nos shoppings da Almeida Junior. E estimula a jornada virtual oferecendo todo o conteúdo e plataformas de interação para visitação à distância. Estamos emocionados de inaugurar o Janelas CASACOR em Santa Catarina, num momento que o termo "trabalhar no coletivo” ganha uma potência imensurável. Agradecemos a todos os profissionais e marcas envolvidos nesta edição que ficará para história e memória”, destacam os franqueados Francis e Luiz Bernardo da CASACOR /SC.


Verbos e espaços


“Repensar" a vida pós-pandemia. Os arquitetos Daniel Ghizi e Carolina Zettermann de Almeida, do escritório Daniel Ghizi Arquitetura de Criciúma (SC), propõem o “Multi - House” ambiente multifuncional de 37 metros quadrados, que concentra suíte master e home office integrado à varanda. 


Projeto Daniel Ghizi/ Foto Lio Simas

“Usamos janelas em faces opostas para caracterizar uma ventilação cruzada, valorizando a iluminação natural. O deck de madeira integra interno e externo. O layout traz a cama de casal como elemento principal do ambiente. Já o home office torna-se um espaço confortável para que possa trabalhar remotamente em casa. Um ambiente agradável e convidativo para passar horas realizando múltiplas tarefas”, destacam os profissionais.


“Novo morar” é conceito materializado no Hub Smart Home - Fontana de autoria dos arquitetos Lilian Maravai, Daniela Viana e Gabriel Eufrásio Nunes do escritório Daniela Viana e Lilian Maravai Arquitetura de Criciúma (SC). O trio prova que um imóvel compacto e bem planejado é possível e atende com conforto as funcionalidades da rotina. 


Projeto Lilian Maravai, Daniela Viana e Gabriel Eufrásio Nunes / Foto Lio Simas

“Elementos como o ferro, com pegada industrial, contrasta com a pedra e todo o aconchego da madeira. Cores e texturas convivem em harmonia em um espaço convidativo, elegante e agradável ao olhar”, comentam.


“Readaptar” a vida e as perspectivas dos dias. O designer de interiores Fernando Dal Bosco, do Arts Design Decor de Balneário Camboriú (SC), compara o momento vivido a um “Castelo de Areia”, associação que dá nome ao espaço “Casa de Areia". 


Projeto Fernando Dal Bosco / Foto Lio Simas

“Numa área de 36 m², aposto em tons crus e naturais da natureza. A pintura do ambiente remete à areia, inclusive a textura, por isso o nome. O ambiente também traduz o que vivemos neste ano, comparando a um ‘castelo de areia’, onde todos tivemos nossos planos alterados e precisamos nos readaptar, lembrando a fragilidade da vida”, explica o designer.



“Acolher” é a palavra que representa o espaço/vitrine “O Idílico Morar”. Marcelo Gouveia, Edenilson Bertoldi e Luana Bertoldi, do Gouveia e Bertoldi Arquitetura e Design de Interiores de Brusque (SC), trabalham as sensações de aconchego, memórias e o calor familiar.



Projeto Marcelo Gouveia, Edenilson Bertoldi e Luana Bertoldi, do Gouveia e Bertoldi Arquitetura e Design de Interiores/ Foto Lio Simas

"O ambiente traz o contato com elementos da natureza em uma profusão de texturas, formas e acabamentos que remetem a sentimentos e recordações familiares tão necessários nos tempos atuais”, contam os profissionais.


“Fluir” é característica marcante da vitrine “A Casa Nômade” com assinatura da dupla de designers de interiores Linda Martins e Cris Araújo, do Marau Design com escritórios em Balneário Camboriú (SC) e Nova Lima (MG). Uma casa que se adapta ao usuário, e não o contrário, oferece mais liberdade e acomoda as mudanças ordinárias. 


Projeto Linda Martins e Cris Araújo, do Marau Design/ Foto Lio Simas

"Uma base fixa, uma casa compacta, onde terá um grande armário com nichos que incorpora a cozinha ao living. Fogão, pia e geladeira fazem parte desse espaço que permanecerá sempre igual, porém de forma muito funcional e objetiva. O mobiliário solto foi pensado para ser prático e híbrido, ou seja, um mobiliário com múltiplas funções, leve para ser movimentado e com medidas que permitem a variação de layout”, descortina as possibilidades o duo. 


“Simplificar" a vida é o desejo da arquiteta Natália Xavier, do escritório Natália Xavier Arquitetura de Balneário Camboriú (SC). A “Cozinha Nórdica Deca” explora os tons neutros nos materiais e a funcionalidade do mobiliário para uma rotina descomplicada. 


Projeto Natália Xavier Arquitetura / Foto Lio Simas

"O espaço/vitrine representa os valores da frase “Menos é Mais”, emprestada de Mies van der Rohe. Utilizei elementos que criam um espaço clean e ao mesmo tempo confortável”, resume.


“Conectar" à distância. Com o isolamento social decretado, a digitalização da vida é processo irreversível. A arquiteta Thayane Santana, do Thay Santana Arquitetura de Itapema (SC), faz o retrato fiel deste contexto no “The Ring Light Room”.


Projeto Thay Santana Arquitetura / Foto Lio Simas


O espaço/vitrine concentra área de estar e trabalhar de uma garota que atua nas mídias digitais, se comunica, compra, vende e influencia outras pessoas. O mini-loft com o “ring light”, anel de luz utilizado para gravações de estúdio, é um símbolo deste momento, onde precisamos de um local que seja casa, trabalho, diversão e também aconchego”, defende a arquiteta. 


“Desacelerar” o ritmo é proposta na “Casa Freijó” do arquiteto Michael Zanghelini, do Michael Zanghelini Arquitetura e Design de Florianópolis (SC). Um cubo amadeirado aflora as sensações de tranquilidade por meio das texturas e cores.


Projeto Michael Zanghelini Arquitetura e Design / Foto Lio Simas

"Totalmente integrados em um cubo amadeirado, o hall, a cozinha e o living formam um único espaço de convívio onde a potência da simplicidade dos encontros ganha forma. Solto, o mobiliário demonstra a liberdade pensada para diferentes situações do morar e direciona o olhar para a arquitetura”, sintetiza Zanghelini.


“Coexistir" reflete a "Casa Global", projeto do arquiteto Geovani Capelina, do escritório Geovani Capelina com sede em Gaspar (SC). Uma família compartilha os espaços de trabalho, lazer e descanso. 



Projeto Geovani Capelina / Foto Lio Simas


"Na entrada da residência um hall de acesso, com área de troca de calçados, desinfecção e limpeza das mãos e o home office próximo, com função de receber e acomodar visitantes, sem necessariamente acessarem toda área social e íntima da residência”, resume o arquiteto. 


Os espaços/vitrines ficam em exposição até 08 de dezembro nos shoppings da Almeida Junior: Balneário Shopping (Balneário Camboriú), Neumarkt Shopping (Blumenau), Nações Shopping (Criciúma) e no Continente Shopping (Grande Florianópolis). 

Texto: Luciana de Moraes / Comunicação Janelas CASACOR / Santa Catarina/ A CASAA

Fotos: Lio Simas

Comments


bottom of page